sexta-feira, 23 de maio de 2014

Ao David com carinho

Olá!

Hoje peço licença no blog para escrever um post para um leitor em específico, o meu filho, Arthur David.

Oi, David, aqui é a sua mãe.

Não sei que idade você está para ler essa mensagem, mas essa é "a graça" da internet, a gente coloca as coisas aqui e elas não tem prazo de validade. Hoje quero te parabenizar pelo seu aniversário, meu filho.

Quando olho para trás, relembro como foi quando descobri que estava grávida, lembro que te cumprimentei, o "novo morador" que estava na minha barriga (naquela época do tamanho de um feijão). Lembro do dia do seu nascimento, o pânico do seu pai em chegar logo em casa, a correria até o hospital e tantas trapalhadas até que vi o seu rostinho lindo, seu choro fino... não encontrei som mais lindo que aquele, meu filho.




Depois disso, temos muitas histórias para contar, não é mesmo? Eu alimentando você com o meu leite, ninando no colo, levando você para nadar.

 


Aí você cresceu tanto que já era hora de começar a consumir outros alimentos além de leite, como qualquer pessoa, teve seus dias de querer comer mais, comer menos... mas como nós (eu e seu pai) você sempre gostou de se alimentar bem e com saúde, por isso tinha tinha tanto orgulho das suas dobrinhas (ainda tenho, apesar de terem diminuído muito)!


Além de crescer, você começou a andar, meu amor! E não é que o que já era bom ficou ainda melhor? Acho que você ficou mais feliz consigo mesmo, satisfeito de poder se locomover sozinho. A mãe aqui, só felicidade!


Nesses 2 anos da sua vida, meu filho, apesar de terem passado tão rápido, você conquistou tantas pessoas que te amam tanto! Suas avós, bisavó, tios, tias, padrinhos, inclusive seu avô que olha por você lá do céu... gente que ama você simplesmente por ser quem você é.

 
 
 
  


 
 




Nesse tempo da sua vida, David, você não foi o único que cresceu, se modificou. Nós (eu e seu pai) mudamos muito também. Crescemos para sermos pessoas melhores, para nós e especialmente por você. Por isso, tomamos decisões importantes, como a mudança de país, para que você tivesse a chance de crescer num país desenvolvido, em que nós poderíamos ensiná-lo mais facilmente a fazer desse mundo um lugar melhor, sem que precisássemos nos preocupar tanto com os problemas que o nosso país enfrenta e termos mais tempo para nos dedicarmos aos valores que queremos que você leve para a sua vida.

Foram tempos difíceis, que eu espero que você não se lembre, apenas da bravura com que você enfrentou tudo conosco, sempre com essa alegria e duçura que são suas.

Esta foto foi tirada no aeroporto do Chile, pouco antes de embarcarmos aqui para Auckland em 14/10/2013

Falando nisso, gostaria de dizer o quanto amo acompanhar de perto esse menino lindo que você tem se mostrado a cada dia, meu querido. Que é mais que uma honra, é um privilégio poder ser sua mãe. Que não há nada nesse mundo que eu ame mais do que estar com você, brincar com você, te ensinar o que eu puder da melhor forma possível. Seu pai não está neste momento ao meu lado lendo esse post porque está no trabalho (e você dormindo no seu quarto), mas tenho certeza que posso dizer que o mesmo vale por ele.



Nesse dia em que você completa 2 anos de idade e em cada dia que você viver, meu lindo, desejo a você apenas que seja feliz, muito feliz. E que pode contar conosco SEMPRE, PARA TUDO, para o que você quiser nós estamos com você.
Quero que você saiba que te amamos profundamente, que eu derreto mais do que manteiga quando você me chama de mamãe ou fala "yummy" da comida que eu faço, que seu pai adora quando você larga tudo o que está fazendo e sai correndo para recebê-lo na porta quando ele chega do trabalho, que apesar de ser clichê é a mais pura verdade, você é o nosso coração que vive fora do peito, que somos muito orgulhosos de ser seus pais.

E se puder te pedir alguma coisa, peço duas, meu filho: a primeira é perdão por não ter dado a festa de aniversário que você merece, que você nunca pense que não é porque não ficamos felizes com a sua existência, bem longe disso, meu amor. Espero que você possa perdoar, mas deixo aqui registrado o compromisso de festejar a sua existência todos os dias porque você é sim a maior alegria da minha vida. A segunda é que o tempo demore só um poquinho a passar porque é muito bom estar a cada momento dos meus dias com você e dá saudade por vê-lo correndo tão rápido.

Um beijo enorme, que Deus esteja sempre contigo e você sempre no caminho de Deus, meu filho amado.

Papai e mamãe