sábado, 6 de julho de 2013

Almoço delícia pro David... opa, pra nós!!!

Olá,

Eu sei que há tempos não posto nada é que tenho passado uma fase difícil a ausência do marido tá doendo muito, conflitos nada fáceis de resolver (se é que um dia vão se resolver)...

Mas enfim, o David está lindo, mais falante a cada dia, andando (correndo) melhor a cada dia. Assim que eu achar o meu tripé tiro fotos e faço vídeos do figura. Ele agora é um super homenzinho, está com 1 ano e 1 mês, vejam só!!! E como grande homenzinho que se preze tem comido muito e dado "O" orgulho pra mamãe aqui!

Estou fazendo a transição da comida do David pra comida aqui de casa. Assim como tudo na vida da família e do bebê não há um tempo certo ou uma fórmula. Aqui está funcionando de modo muito lento, suave e natural. Até porque, eu mesma não como da forma que deveria (verduras, legumes, frutas) então é um processo dos dois lados.

Hoje o almoço ficou tão bom, mas tão bom que tive que vir compartilhar. Fiz o Peixe ao Molho de Manjericão do blog As Delícias do Dudu, da culinarista infantil Thais Ventura. Pra quem não sabe eu sou tão apaixonada por manjericão que tenho 2 pés em casa.

Aqui em casa fiz algumas adaptações, mas a receita é da Thais, viu gente! Quem dera eu ter conhecimento e criatividade pra desenvolver algo tão gostoso quanto este prato!

1. Usei filé de salmão (era o que eu tinha em casa);
2. Temperei o peixe só com limão porque o David é alérgico a alho;
3. Usei cebola roxa (que eu tinha em casa);
4. Usei 2 tomates (retirei a pele antes) pra ficar na quantidade suficiente pro almoço e pra janta do meu pedreirinho;
5. No prato pronto, a Thais acompanhou o peixe com arroz, feijão e purê de batatas. Eu ralei batata salsa, inhame e acrescentei quirera;
5. Coloquei tudo pra cozinhar junto, na mesma panela.

 

Como eu disse, a transição está sendo gradual, até pro David entender a mudança da rotina. Ontem ele "comeu" a Macarronadinha, também do site da Thais (sim, sou fã) - está entre aspas porque o David odeia macarrão, então fazer ele comer é uma luta - que ficou uma delícia, fiz pra nós dois.

Não estou sofrendo muito com a questão de sal, afinal apesar da pediatra já ter autorizado o uso, acredito que o David terá uma vida inteira pra comer quanta comida salgada quiser (incluindo fast foods), então não custa nada pegar leve (ou não pegar nada) enquanto eu ainda decido o que ele come ou não. Eu mesma não sou chegada a tempero nenhum (exceto manjericão e orégano), então não usar sal ou quase nada tô tranquila.

Bom, acho que hoje é isso.

Abração,

Dani

Ahhh, se você gostou do post, recomende com g+1 (aqui embaixo), compartilhe no seu facebook e twitter! Eu fico imensamente agradecida!